7 Dicas de Superação

7 Dicas de Superação.

Como pedalar é um exercício de superação, principalmente para que é sedentário, decidi fazer esse artigo de acordo com as minhas experiências com a bike. São dicas para marcar o dia que começará a pedalar e não parar no meio do caminho.

Realmente não é algo fácil de se fazer, leva tempo, a gente procrastina pra caramba e o tempo passa super rápido. Nosso cérebro é preguiço e procura a maneira mais rápida e fácil de resolver algo.

Já percebeu como você procrastina, enrola pra começar algo? Principalmente quando se trata de atividade física. Já percebeu a batalha mental para começar pedalar?

sedentarismo, cansaço
Imagem Meramente Ilustrativa

Será que é algo tão ruim assim? Será que é um sacrifício tão doloroso? Agora te pergunto, por que será que temos uma sensação tão agradável quando simplesmente pegamos a bike e saimos?

Não te dá uma sensação de vitória? Você não se sente vivo, capaz de fazer qualquer coisa? Você passa por um momento perturbador por nada, é uma crise violenta com você mesmo, em alguns casos como era o meu, a ansiedade vai a milhão.

A palavra Crise vem do grego Krisis, que significa Período de Decisão, ou seja, não se trata de um período ruim. O que acha de ver esse período como uma oportunidade de evoluir?!

Sem mais delongas, vamos para as 7 Dicas.

Dica 1 – Disciplina

Provavelmente essa a primeira e mais importante dica, pois como já foi falado acima, o ser humano adora procrastinar e se enrolar nas próprias armadilhas. Se desafie a colocar em prática na sua vida, durante 30 dias, pequenas atividades como:

  • se ainda não tem a bike, pegue uma emprestada ou alugue uma;
  • crie um trajeto próximo a sua casa
  • pedale pelos menos 20 minutos

Dica 2 – Divirta-se…

Todos nós temos dias extremamente cheios e esquecemos dos momentos de diversão, a gente se esquece de ter prazer nas coisas e nos momentos. Mas será que vale a pena viver sem se divertir um pouco?

criança feliz pedalando
Imagem Meramente Ilustrativa

O que acha de encontrar pequenos prazeres em coisas simples como por exemplo, pedalar? Durante 30 dias, experimente…

  • Se gosta da natureza, então pedale num local arborizado;
  • Se você tem hábitos noturnos, procure pedalar a noite, ou vice-versa;
  • Saia do automático, concentre-se nos movimentos das suas pernas, dos dedos, talvez você nem se lembre delas;
  • Dê risada daquilo que acha engraçado e não se preocupe com o que os outros pensam disso.

Dica 3 – Disposição…

Mudar o estilo de vida não é nada fácil. Mas, quanto mais você praticar, mais fácil as coisas se tornam. Até chegar o momento em que quando você não for pedalar, o seu corpo vai pedir, pois já criou a memória dos músculos.

Depois encontre motivação para continuar pedalando. Por exemplo, se você perdeu peso, esse é um bom motivo para não abandonar o ciclismo.

  • pedale por lugares jamais imagináveis;
  • procure rotas alterativas;
  • bike proporciona estar em lugares e com pessoas que curtem a mesma coisa

Dica 4 – Cooperação…

É mais do que sabido que ninguém vive sozinho, ande com quem pensa igual ou melhor que você. Pode ter certeza, que muita gente do seu antigo círculo de amizade vai dizer que isso é frescura. Não dê ouvidos e siga em frente.

peça ajuda não hesite
Imagem Meramente Ilustrativa

Peça ajuda, não hesite, existem milhares de ciclistas dispostos a ajudar quem está começando. Se estiver sozinho, pare num grupo, peça informação.

Dica 5 – Discernimento…

Tenha discernimento do que é verdade do que é mentira. Você vai ouvir muita baboseira no inicio, muita gente não vai te apoiar, alguns ciclistas dirão que não dá para subir e etc.

Aprenda e dizer sim, sim, não, não. Só depois das suas próprias experiências você terá autoridade para falar algo.

Mentiras geram desânimo, ansiedade desespero, aflição entre outras coisas. Não caia nessa armadilha, pois, provavelmente você vai desanimar de pedalar. Livre-se de pessoas tóxicas, urgente. Mentiras vem de dentro de nós, em determinados momentos você poderá até pensar que o passado de sedentarismo era bem melhor, mas não caia nisso.

ciclista com pensamentos positivos
Pensamentos Positivos e Foco

Infelizmente isso potencializa demais o problema, e se parar para analisar, vai ver que nem é tão grande assim. Seja neutro e não julgue, ao se deparar com a subida, com a descida, seja lá qual for o desafio, use sua cabeça e pense como sair disso.

  • autoconfiança é essencial;
  • retire urgentemente todas as palavras negativas e de duvida do seu vocabulário.

Dica 6 – Aprendizado…

Toda pedalada será um aprendizado diferente na sua vida, esteja consciente, não desista, não diga que nunca mais irá pedalar, comece ver as coisas em ângulos diferentes.

Permita-se aprender com todos os seus erros. Faça uma auto análise do seu pedal, reflita e melhore para o próximo.

Leia mais, estude mais, entenda mais da sua bike, do seu corpo, dos seus limites.

Dica 7 – Consciência…

Curta cada pedal, cada lugar como se fosse o último. Curta cada momento, seja consciente do que está fazendo e onde está. Pode ter que nunca mais viverá aquele momento.

Ao invés de reclamar do sol, da chuva, do selim duro, das pessoas do grupo e etc. Você está exatamente onde escolheu estar, então curta. Simples assim. Medite, agradeça, gratidão é algo libertador.

Compartilhe com as pessoas que você quer ajudar, comente aí em baixo como você lida com essas situações.

Siga nossas redes sociais

@dicasdepedaloficial

@rotadopedalfoz

Um abraço, bons treinos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *