Capacete – Acessório Obrigatório para o Ciclista

Capacete – Acessório Indispensável 

Os tempos mudaram, as bicicletas ficaram mais leves e consequentemente ficaram mais rápidas.

Mesmo assim ainda existem pessoas que insistem em pedalar sem capacete, para alguns as bikes ainda são consideradas um simples brinquedo, um passa tempo, aquela coisa que criança usava para literalmente brincar com os amigos.

Não da pra sair de casa e simplesmente esquecê-lo. Esse é um item que deve ser usado por todo ciclista, independente da distância a ser percorrida.

Ao contrário do que muita gente pensa, eles são extremamente leves e confortáveis, tem uma grande área de ventilação e contém espumas no seu interior para que seu uso traga ainda mais conforto ao ciclista.

Nesse artigo abordaremos um pouco da eficácia dos capacetes e a maneira correta e incorreta do uso.

Em caso de impacto quebra?

Sim, ele deve quebrar na hora do impacto. Há quem ache que capacete quebrado é sinônimo de má qualidade, mas eles despedaçam para dissipar a energia da batida.

capacete quebrado.

Galera, não é indicado jogá-lo de um lado pra outro quando se chega em casa, não é bom deixar cair no chão com muita frequência.  Isso indica mau uso do acessório e aos poucos os componentes que o compõe vão se modificando e perdendo o desempenho para o qual ele foi proposto.

Aos poucos até os raios UV do sol desgastam os materiais dos capacetes e com o tempo seu desempenho cai. E num impacto mais forte pode comprometer a função que ele tem de nos proteger.

Em média sua vida útil é de 3 anos, mas se por acaso você tiver uma queda e ela for um tanto quanto forte, mesmo que o capacete não quebre, o indicado é troca-lo, porque o seu desempenho já estará comprometido caso haja outra queda.

Qual o uso correto?

É muito importante que o capacete esteja ajustado da maneira correta para que ele cumpra sua função com eficiência e te proteja o máximo possível .  Veja abaixo as maneiras incorretas e a maneira correta de usar o capacete.

Capacete torto

  1. Maneira errada de usar o capacete. Colocado torto como mostrado na foto acima, além de ficar com uma área sem proteção na cabeça, é totalmente desconfortável e muito perigoso.

Capacete com faixa da jugular solto.2. Essa maneira também é incorreta, porque além de não proteger a testa, qualquer tombo, por menor que seja, o capacete vai sair da cabeça, pois está com a jugular solta.

Capacete colocado corretamente.

3. E por último essa é a maneira correta de se usar o capacete, onde todas as regiões da sua cabeça estão coberta e com a jugular devidamente ajustada. Encaixe o capacete na cabeça, regule a jugular para que ela não te sufoque e para que não saia com facilidade num tombo. Lembre-se de ajustar também a roldana na parte traseira do capacete. Foto abaixo.

Ajuste da roldana do capacete.

Galera, o uso desse item não é obrigatório, mas é de extrema importância, é um acessório individual e várias vidas são salvas diariamente pelo uso dele. Não faça parte daquela estatística que se machuca por não utilizar capacete, use a cabeça.

Não incomoda pra pedalar como muita gente pensa e como já falamos no artigo. Eles são leves e confortáveis. No geral os acessórios para nós ciclistas são projetados para nos dar proteção e conforto.

Não compre um muito barato, pois o barato sempre sai caro. De preferência que o seu primeiro seja em uma loja física especializada, para que você possa experimentar e ter a certeza que é o tamanho correto. Eles variam bastante de fabricante para fabricante.

Há alguns meses atrás comecei utilizar um capacete da High One modelo MV 29, que além de ter um excelente custo x benefício é muito confortável e protege bastante. Tem cores bem bacana e custam em torno de R$90,00.

Se esse post de alguma forma te auxiliou e tirou suas dúvidas sobre a forma correta de  utilizar o capacete,  comente e compartilhe com seus amigos.

Pedale sempre em segurança. Bom pedal e fiquem com Deus.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *