Cuidados para Pedalar no Inverno. Veja agora…

Cuidados para Pedalar no Inverno.

Pedalar no inverno pode não ser uma atividade muito agradável, mas existem algumas dicas e cuidados que podem te ajudar a manter a forma durante esse período do ano.

O Brasil é um país de clima tropical, o inverno não costuma durar muito tempo, mas em determinados estados ele é extremamente rigoroso.

O vento frio, os dias cinzentos sem sol desanimam a grande maioria dos ciclistas de colocar a roupa, pegar a bike e treinar. A tendência é desistir e ficar em casa.

Se o frio for muito intenso, você pode optar por fazer um plano de inverno numa academia e treinar spinning ou investir uma grana num rolo de treino, que também serve para os dias chuvosos. Um bom rolo custa em torno de R$400,00.

Rolo de Treino.

Para você pedalar com mais tranquilidade e se sentir confortável, é necessário alguns cuidados. Veja…

Aquecimento e Alongamento…

Antes de sair pedalando, faça um aquecimento de pelo 10 minutos. Nos dias de frio a sensação térmica no nível da pele é bem menor.

O alongamento não é uma coisa que deve ser feita somente no inverno, deve-se ter o hábito de fazer diariamente. Porém durante esse período do ano, a falta de alongamento aumenta as chances de lesões.

Nossos músculos se tornam menos elásticos, as temperaturas baixas provocam aumento de contração muscular. Por isso a grande incidência de lesões.

Inicio do Pedal…

Comece o pedal num ritmo mais lento, vá aumentando gradativamente, até encontrar uma pedalada confortável. Use marchas mais leves em subida e suba devagar, sem pressa, evite transpiração excessiva.

Respiração…

As baixas temperaturas, o clima seco e o vento frio dificultam a respiração, por isso dê preferência pela respiração nasal.

Normalmente a imunidade do corpo abaixa durante o inverno e podem surgir as doenças causadas por vírus e bactérias.

Roupas…

Nosso rosto, pés e mãos são sensíveis sensores de temperatura. Dê atenção especial a essas partes do corpo.

Não dá para sair de casa só de manga curta e nem colocar um monte de roupa, porque além de prejudicar seus movimentos, onde vai guardar toda a roupa assim que esquentar?

Vale a pena usar uma bolsa de selim ou de quadro para guardar os acessórios de frio assim que o corpo esquentar.

Dica: evite roupas de algodão, elas absorvem suor e demoram muito para secar. Vento frio, corpo quente e roupa molhada não é uma boa combinação para a saúde.

Leia +  Roupas de Ciclismo? Preciso mesmo? Descubra aqui…

Segunda Pele: ajuda a manter a temperatura do corpo, funciona como um isolante térmico, favorece evaporação do suor, evita o acúmulo de umidade e dessa forma diminui a sensação de frio. Preço médio R$50,00.

Segunda Pele Curtlo

Jaqueta Corta Vento: ela também ajuda manter a temperatura do corpo, existem alguns modelos que são impermeáveis. O ideal é que tenha a parte do abdômen e do peito emborrachadas.

Opte por modelos que tem área de respiro com tecido vazado, isso evitará acumulo de suor. Prefira as cores mais chamativas. Preço médio R$150,00.

jaqueta corta vento
Jaqueta Corta Vento.

Manguito e Pernito:  servem para aquecer braços e pernas respectivamente, mas tem a grande vantagem de ser muito mais prático para retirar quando o clima estiver mais quente.

Geralmente são utilizados com camisa de manga curta e bermuda. Alguns ciclistas se aventuram a retirar os manguitos com a bike em movimento, isso não é recomendado.

pernito e manguito
Pernito e Manguito

Protetor de Orelha: uma vantagem desse acessório é que ele pode ser utilizado com o capacete. Esse tipo de protetor também ajuda prevenir dores de ouvido. O uso de gorro não é aconselhável porque pode prejudicar o funcionamento do capacete.

Bandana: os modelos atuais são tubulares, o que permite utilizá-la como uma espécie de cachecol. Além de não ocupar espaço para guardar, pode ser retirada e colocada muito facilmente.

Esse modelos tubulares também podem ser usadas para proteger pescoço, orelhas, boca e nariz.

bandana tubular
Bandana Tubular, Ideal para proteger pescoço, orelha, boca e nariz.

Luva Dedo Inteiro: elas tem uma área de cobertura maior, porém limitam um pouco os movimentos dos dedos, mas vale a pena usá-las nesses dias de frio.

Protetor para os lábios:  o vento frio resseca os lábios, por isso é importante hidratá-los regularmente.

Calça de ciclismo: a grande vantagem de usar a calça de ciclismo é que ela além de aquecer suas pernas, da conforto e segurança para pedalar. Você não o corre o risco de enroscar a barra na corrente. Recomendo comprar calça com tecido mais grosso e com forro especial.

Máscara: confortável, segura vento, protege as orelhas, pescoço, boca e nariz. Não atrapalha a função do capacete.

Polainas: em alguns casos um ou dois pares de meia resolve o problema. Mas se elas não resolverem, você pode optar por um par de polaina de neoprene, por exemplo. Elas revestem o calçado, também podem ser utilizadas com sapatilhas e pedais de encaixe, pois são vazadas na sola.

capa neoprene para sapatilha
Capa Neoprene para Sapatilha
Alimentação…

As mudanças fisiológicas geradas em nosso corpo nos dias de frio aceleram nosso metabolismo e auxiliam a queima de gordura e perda de peso.

O nosso organismo gasta mais energia para manter a temperatura. Naturalmente nosso apetite também aumenta. É preciso controlar a alimentação para evitar ganho de peso.

Sugestão…
  • Sopas a base de legumes e verduras são uma boa opção, tem bastante nutriente e baixa caloria;
  • Chás – além de serem anti – inflamatórios e antioxidante, eles protegem as artérias e ajudam na digestão;
  • As frutas da estação são ricas em vitamina C, abacaxi, morango, por exemplo, auxiliam o sistema imunológico;
  • Aproveite para comer granola, nozes e castanhas, essas fibras proporcionam sensação de saciedade;
  • Chocolate quente: de vez em quando vai bem, de preferência com leite desnatado e chocolate meio amargo.

Aqueça seu corpo de dentro para fora.

Dicas Importantes:
  1. não prolongue o tempo de parada, não deixe seu corpo esfriar;
  2. reveja a calibragem dos pneus, como ficamos mais suscetíveis a dores e a dormência, o ideal é baixar um pouco a pressão dos pneus para absorver melhor os impactos;
  3. pesquise sobre seu trajeto, evite passar por lugares onde tenha incidência de neblina e vento forte. Leia  Pedalar no vento…
  4. bebida alcoólica destilada não aumenta a temperatura do corpo. Ela causa uma sensação de aquecimento. A queimação que a pessoa sente, é na verdade sintoma leve de esofagite e gastrite. Esporte e bebida alcoólica não rola.
  5. assim que chegar do pedal, banho quente.

Vale a pena tomar alguns cuidados para passar o inverno com saúde e pedalando.

Se você conhece mais alguma dica para pedalar no frio, comente aqui e compartilhe.

Bom pedal e fique com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *