Dicas de Pedal na Infância.

Todos nós sabemos que o futuro está nas mãos das crianças, que são eles que poderão fazer do Brasil um lugar melhor para se viver. E cabe a nossa geração educá-los.

Pensando nisso, nesse post será comentado sobre algumas dicas de como e onde levar seu filho(a) para pedalar em segurança, qual a bike indicada para cada idade e porque incentivar as crianças a usarem a bike como meio de transporte.

É muito importante e de grande valor incluir a bike na vida delas e quanto mais cedo melhor.

O índice de obesidade infantil é alarmante. A correria do dia-a-dia dos pais, a facilidade dos fast foods e das comidas industrializadas, açucares, gorduras, conservantes, os smarthfones, tablets e computadores, tudo isso tem afetado diretamente a saúde das crianças.

criança na balança
Obesidade Infantil.

Especialistas já advertem que o excesso de peso das crianças do Brasil, já tem tirado mais vidas do que a desnutrição. Precisamos reverter esse quadro.

Não é muito comum vermos bikes no caminho da escola e de volta pra casa. Esse trajeto representa muito mais que uma simples brincadeira, representa uma atividade física diária, representa qualidade de vida.

Parece bobeira, mas essa independência da criança também proporciona uma maior autonomia, interação com a cidade e com outras pessoas.

A Holanda, por exemplo é considerada a capital mundial da bicicleta. As escolas estão repletas delas, isso mostra que os alunos as usam como meio de transporte. E segundo dados da Unicef, isso contribui para que sejam as crianças mais felizes do mundo.

Sabemos que atualmente existem muito mais carros nas ruas do que há 20 anos atrás. Com o tempo isso tem privado um pouco as crianças do convívio social e consequentemente gerado o individualismo.

Não é uma tarefa fácil mudar esse cenário, leva tempo, mas como diz a máxima, gentileza gera gentileza. É através das nossas mudanças como ciclistas que os motoristas e a sociedade mudaram seu comportamento.

Várias cidades no país fecham algumas ruas nos finais de semana com intuito de promover o uso da bicicleta,  cresce cada vez mais o número de passeios ciclístico, porém no dia-a-dia vemos poucas crianças pedalando.

pedalando nas ruas
Paulista Fechada para Bikes.

Já ouvi falar que algumas escolas promovem o dia da bicicleta,  que é uma forma de introduzir os benefícios da bike na vida dos futuros ciclistas.

Pais, aqui algumas dicas para incentivar seu filho a pedalar

A primeira de todas as dicas é: leve seu filho pra passear junto com você na sua bicicleta. Crianças com até 15kg podem ser levadas em cadeirinhas que ficam fixadas na dianteira da bike. E não se preocupe, quando quiser andar com seus amigos a cadeirinha pode ser desencaixada, ficando somente o suporte dela. Indico as marcas Kalf e Polisport pelo custo x benefício, custam em média R$140,00.

criança cadeirinha dianteira da bike
Cadeirinha dianteira.

Quando ele passar desse peso, mudamos o modelo da cadeirinha e a posição dela na bike. Até os 25kg seu filho irá sentado na parte traseira da bike. No caso de bikes mais comuns é necessário o uso de uma garupeira e nos modelos com freios a disco tem um modelo suspenso. Indico as mesmas marcas citadas acima, porém no modelo para bikes com freio a disco ela custa em média R$280,00.

cadeira traseira na bike
Cadeirinha traseira

Importante lembrar que essas cadeirinhas são para passeio, para trajetos curtos, a criança vai se cansar se o trajeto for muito longo. Essas cadeirinhas também tiram um pouco do equilíbrio e dirigibilidade da bicicleta. Portanto, tenha cuidado e ande com bastante cautela. Crianças amam andar nessas cadeirinhas.

Depois que elas passarem por essas duas fases,  é hora de comprar uma bike pro seu filho(a) e começar o processo de introduzir a bike no DNA dela.

Lembre-se que não é só ensinar a criança se equilibrar na bike e andar pra frente. a cultura de pedalar tem que ser colocado na vida dela gradativamente, até virar hábito e se tornar automático.

Seja parceiro do seu filho

Acompanhe o desenvolvimento, ensine as técnicas corretas para pilotar uma bike, ensine sobre as leis de trânsito para que ele pedale com responsabilidade e segurança.

Veja artigo completo no link: https://www.dicasdepedal.com.br/medo-do-transito-direitos-e-deveres-do-ciclista/

Borá pedalar?

Seus filhos se espelham em você e seguirão o seu exemplo, se você já pedala, a tarefa será bem mais fácil.  E se não pedala, se é sedentário que tal mudar o estilo de vida pelo seu filho(a), por você e pela sua cidade?

pai e filho pedalando
Pai e filho.

Tudo tem seu tempo.

Tem o tempo certo, tem a bike certa para cada idade e o correto é não pular nenhuma etapa. Uma bike grande para uma criança pequena gera medo e insegurança e ela poderá perder a vontade de pedalar.

Pedale no lugar correto.

Infelizmente não temos muita infraestrutura de ciclovias, mas bastante coisa já melhorou em relação ao ciclismo no Brasil.  Isso não quer dizer que não se deve incentivar a criança, basta ensinar o certo.

Como já falamos aqui no Dicas (link acima), calçada não é lugar para pedalar, a não ser que seu filho pedale uma bike de aro 16 ou menos e que sejam equipadas com as rodas laterais, claro que sempre acompanhada dos pais.

pedalando na calçada
Criança pedalando na calçada. Perigoso.

Crianças com idade um pouco mais avançada devem ser educadas a pedalar na rua, desde que acompanhadas por um adulto e que já compreendam um pouco das regras de trânsito.

O ideal é que sejam crianças  a partir dos 8 anos, porque nessa idade, geralmente, já estão desenvolvendo suas habilidades cognitivas e já tem noção para analisar o trânsito. O que pode e o que não pode fazer.

O ensino correto das técnicas de pilotagem deixará nossas crianças melhores, com maior mobilidade nas ruas, com mais saúde e consequentemente com mais qualidade de vida.

Ensine seu filho(a) sinalizar o que vai fazer.

Ensine seu filho sinalizar tudo o que ele for fazer durante o trajeto. Gesticulando com os braços cada ação, indicando qual o caminho que vai seguir.

Como frear?

Quem não gostava de derrapar o pneu traseiro? Arrastar durante metros até estourar. E na hora de pedir um pneu novo pros pais era aquela bronca. O dianteiro estava novinho em folha e o traseiro saindo o arame.

Pois é, mas pensando na segurança das crianças, esse tipo de frenagem não é nada eficiente e é perigoso. É preciso ensinar a maneira correta, freios funcionam muito melhor quando acionados juntos. E por favor, não esqueçam que o freio dianteiro corresponde a 80% da potência de travagem da roda.

bicicleta derrapando
Derrapando.

Frear somente a roda dianteira, ou seja, o manete da mão esquerda, pode ocasionar acidente, a bike pode virar pra frente, principalmente nas bikes de aro 20, que já tem um sistema de freio melhor e mais eficiente que as menores.

Ensine seu filho a entender que existe uma diferença entre derrapar e frear uma bike.

Manutenção.

Não deixe pra última hora a manutenção da bike do seu filho, mantenha ela sempre lubrificada e com os pneus calibrados.

Em caso de uso da roda lateral, veja se elas estão bem apertadas.  E principalmente não esqueça dos freios, acessório principal para segurança da criança. Veja se as borrachas do freio ainda podem ser usadas ou se precisa de substituição. Verifique se os cabos não estão desfiando.

A bicicleta não deve ser uma preocupação para os pais, por isso é muito importante educa-los para que o ciclismo seja praticado de forma segura. Acompanhe seu filho até sentir que ele já possa pedalar sozinho.

Na hora de tirar as rodas laterais da bike do seu filho, leve ele num gramado, numa estrada de terra, isso gera mais confiança na criança, pode ser que ele(a) tenha medo de se machucar e esse locais amenizam as dores em caso de tombos e eles irão cair, mas aprenderão e vão curtir muito esse momento.

Veja agora o tamanho correto da bike para o seu filho(a) e alguns cuidados na hora de compra-la.

Ao contrário de nós adultos, a criança precisa tocar os pés no chão ao sentar no selim, isso traz segurança pra ela.

crianças na bicicleta
Criança com os pés no chão.

Analise se os manetes de freios são próximo ao guidão, porque eles não tem tanta força e as mãos são pequenas para puxá-lo, principalmente nas bikes de aro 16 e 20.

Verifique se a bike tem protetor de corrente, principalmente as de aro 16, isso pode evitar acidentes com os pés da criança.

Algumas bikes de aro 20 já vem equipadas com câmbio traseiro, eu particularmente não indico, porque as crianças ainda estão desenvolvendo suas técnicas de pilotagem.

bike aro 20 com marcha.
Câmbio traseiro baixo.

Como a bike é pequena o câmbio fica muito próximo do chão, podendo bater em qualquer coisa facilmente e o pior é que desregula com muita frequência.  Melhor deixá-los curtir o momento e a bike. Em muitos casos a marcha só vai atrapalhar.

O uso de marchas é mais indicado para bikes de aro 24, onde a criança já tem mais noção das técnicas de pilotagem.

Criança adora buzina e garrafinha, isso pode ser motivador para ela pegar gosto pelo ciclismo, nós adoramos acessórios nas nossas bikes, elas também.

E a mais importante de todas as dicas, assim que comprar a bike, escolha também um capacete, conscientize seu filho(a) da importância de usar esse acessório. Utilize o seu também, eles se espelham em suas atitudes e nos seus exemplos.

pai e filho pedalando junto
Pai e filho pedalando junto.

Se de alguma forma esse post te ajudou, então comente e compartilhe com seus amigos que pedalam e querem incentivar o filho a curtir esse mundo apaixonante do ciclismo.

Bom pedal e fiquem com Deus.

Ensina a criança no Caminho em que deve andar, e mesmo quando for idoso não se desviará dele! Pv. 22:6

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *