E-Bike, Um Caminho Sem Volta…

E-Bike, um Caminho Sem Volta.

As bicicletas elétricas chegaram pra ficar, esse é um caminho sem volta. As vendas desse modelo de bike tem crescido no mundo inteiro. De acordo com a consultoria Navigant Research, estima-se aproximadamente 38 milhões de unidades vendidas no planeta até o 2020.

A E-Bike é uma bicicleta convencional com motor elétrico acoplado na roda dianteira, traseira ou no tubo inferior do quadro. Atualmente vem equipada com um sistema chamado “pedal assistido”, ou seja, ela ganha velocidade conforme o ciclista impõe força no pedivela.

motor elétrico roda traseira
Motor Elétrico na Roda Traseira.

Elas tem a velocidade máxima controlada, podendo chegar até 25km/h. Essa regra foi estabelecida pelo Contran para que as E-Bikes sejam equiparadas as bicicletas convencionais, assim não seria necessário o uso de  habilitação, por exemplo.

Importante: Ao ultrapassar os 25km/h a assistência do pedal assistido é cortada.

Confesso que quando comecei ouvir falar das E-bike não fui muito a favor, porque nós ciclistas somos a favor de  superar nosso próprios limites e a principio esse modelo não iria proporcionar esses sentimento.

Até o dia que tive oportunidade de pedalar uma. É uma sensação bastante agradável, na minha cabeça ela alcançaria altas velocidades sem esforço,  iguais a uma moto que é só acelerar. Mas não é bem assim.

As marcas mais tops do mercado mundial já contam com uma grade extensa de modelos. Aqui no Brasil, por exemplo, já existem fabricantes e lojas exclusivas dessas bikes.

Marcas Conhecidas:  Specialized, Trek, Orbea, Caloi, Sense, Groove e Pedalla são algumas das marcas que já estão apostando na tendência das E-Bikes.

bicicleta trek elétrica
Trek Super Commuter

Para se ter uma ideia, hoje você escolhe o terreno e terá o modelo específico para pedalar, seja uma MTB, Bike de Estrada, Urbana ou Gravel (breve artigo sobre).

No decorrer desse post comentarei somente sobre a tendência, pontos fortes e fracos . Assuntos técnicos específicos de cada modelo não será abordado no artigo.

Pontos Fortes:

  • Elas amenizam e não eliminam situações extremas do trajeto, que são as subidas longas e íngremes e também as montanhas;
  • É obrigado pedalar para bike se locomover, consequentemente o ciclista acaba se condicionando;
  • Desligando o sistema elétrico dela, você terá uma bike convencional com trocas de marcha normais;
  • São mais pesadas que as bikes tradicionais, mesmo em terreno plano, precisa esforço;
  • Associa mais prazer do que cansaço físico, pode-se pedalar para locais mais longes, onde normalmente alguns ciclistas não iriam com uma bike comum;
  • Arrancada mais forte em cruzamentos e semáforos;
  • São inclusivas, assistência a pessoas com mobilidade reduzida, idosos;
  • Cicloviagens e cicloturismo;
  • Solução e flexibilidade em deslocamentos nos grandes centros urbanos;
  • Alternativa para pais e mães levarem seus filhos para escola e economizar tempo e combustível;
  • É uma boa opção para quem nunca pedalou e quer iniciar uma atividade;
  • Reduz custos e está sendo muito utilizada por empresas para entrega de produtos e mercadorias e:
  • Você poderá curtir aquelas trilhas íngremes que nunca teve coragem de ir.

Pontos Fracos:

  • Devido as altas cargas tributárias do Brasil, o valor da E-Bike ainda é muito alto:
  • Pesam em média de 5 a 10 kg a mais que bikes convencionais:
  • Alto custo de manutenção:
  • Normalmente a assistência é feita no próprio fabricante, ou seja, sua bike terá que ser enviada para eles, ficando a pé alguns dias.

Mesmo tendo um alto custo, por causa da carga tributária, esse mercado tem a tendência de continuar crescendo.

pedalla spectro eletrica.
Pedalla Spectro. Fabricação Nacional. Preço Médio R$6.000,00

Mas como tudo leva tempo, as coisas irão acontecendo de forma gradativa, vamos ficar de olho nos lançamentos dos fabricantes e o crescimento das E-Bikes no mercado mundial.

Especial E-Bikes

Como é a Manutenção?

E-Bike tem um torque maior que as convencionais, por isso sofre mais desgaste. Os componentes são reforçados para que ela suporte mais peso. Na hora de repor peças, siga exatamente o que indica o fabricante. Você mesmo pode trocar a bateria, mas nunca mexa no motor e no sistema elétrico.

Você poderá perder a garantia da bike. Toda e qualquer dúvida deve ser encaminha para uma oficina autorizada e/ou o fabricante.

Por que são mais Pesadas?

Uma parte do peso vem do motor, do sistema de controle e da bateria. A outra parte é uma soma dos componentes reforçados para suportar todo esse peso excedente.

sistema elétrico shimano
Sistema Elétrico Shimano

Os tubos do quadro e o pneu costumam ser mais grossos, os aros mais espessos, os raios mais reforçados. E existem também outras partes da bike que recebem proteção.

Antes de comprar uma bike elétrica pense onde ela será guardada e como será transportada. Já que não da pra subir vários lances de escada e suportes para carro também não suportam tanto peso.

Qual Tempo de Duração da Bateria?

Depende da potência do motor, do tamanho da bateria e os níveis de pedal assitido que são oferecidos. Varia entre 40 e 150km sem necessidade de recarga. Os modelos fabricados hoje tem a bateria de Litio-Ion.

Esse tipo de bateria costuma fazer uma média de 1000 recargas, o equivalente a mais ou menos 3 anos de durabilidade. É indicado o uso do carregado original.

Não se esqueça de programar algumas horas do seu dia para recarregar a bateria. E na hora de trocá-la procure um revendedor autorizado.

E se Chover no Pedal, funciona?

O máximo que vai acontecer é você se molhar. Geralmente E-bikes de qualidade são totalmente a prova d´água, ainda mais se todo o sistema elétrico dela for do mesmo fornecedor. Vale o bom senso de não colocar a bike submersa numa poça.

Você pode até lavar sua bike, mas tenha cuidado e evite jogar jato forte de água diretamente no motor, na bateria e no sistema de controle.

As E-Bikes estão ai, quem tiver oportunidade de pedalar faça, você vai se surpreender. Pessoas sedentárias iniciaram no ciclismo por causa das elétricas, gradativamente elas tem conquistado mais espaço e ciclistas.

E você já pedalou uma E-Bike? Comente aqui e compartilhe.

Bom pedal e fique com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *