Medo de Cair da Bike? Isso é Normal…

Medo de Cair da Bike?

É bastante normal ter medo de cair. Você pode estar iniciando agora no ciclismo, pode estar passando por uma trilha pela primeira vez, ou receio de pedalar nas ruas movimentadas da cidade.

Na verdade, esses são os pensamentos que vêem a nossa mente quando estamos diante de transpor determinado caminho. E acredito que seja isso que torna o ciclismo algo tão único.

O ciclismo é uma oportunidade de aliar técnica, condicionamento físico e equilíbrio. Sem contar com os lugares magníficos que podemos conhecer.

É claro que pedalar no asfalto e em estradas de chão é mais fácil, temos confiança, nos sentimos praticamente em casa, mas e quando um amigo chama para uma trilha mais travada? Você simplesmente diz não? O medo te paralisa diante de uma nova situação?

Nós seres humanos somos assim, diante do novo nos sentimos inseguros, uma situação aparentemente simples se torna uma ameaça, quando na verdade não precisa ser exatamente dessa forma. Basta mudarmos a perspectiva de como vemos o obstáculo.

medo de começar pedalar
Medo do Novo.

Vemos alguns ciclistas passarem por locais assustadores com tanta facilidade, eles fazem aquilo parecer tão simples. Mas a grande diferença está basicamente na autoconfiança e na experiência que eles adquiriram ao longo dos pedais. Mas eles também tiveram suas dificuldades.

As reações ao medo são adversas, os músculos travam, o suor escorre pelo rosto, sentimos frio na barriga e o coração parece sair pela boca. Os pensamentos do tipo: vou cair e me machucar, não vou conseguir, vai derrapar, logo tomam conta. Esse diálogo interno sempre tenta prevalecer. Assim pensa o ciclista iniciante.

Agora veja a diferença que existe do diálogo interno com um ciclista mais experiente. Ele não vê a adversidade como uma ameaça e sim como uma oportunidade de vencer um desafio.

Um desafio é algo que pode ser ultrapassado. Ele se sente estimulado e seus pensamentos são: aquela trilha vale o pedal, por isso amo tanto o MTB. Sensação de bem – estar, alegria e autoconfiança.

Não estou aqui incentivando um ciclista iniciante a se aventurar sozinho em trilhas técnicas e tentar acompanhar um ciclista experiente e sim compartilhar algumas varáveis psicológicas e algumas dicas que podem te ajudar a melhorar suas habilidades na bike.

Procure no seu grupo um ciclista mais experiente para te ajudar e te acompanhar, te dando dicas de como fazer, observe esses ciclistas como eles pedalam. A internet está repleta de bons vídeos e cursos com técnicas de pilotagem.

montain bike na trilha
MTB na Trilha.

Atenção!! Não corra riscos desnecessários. Prepare sua mente para esses novos desafios, aumente sua autoconfiança e acima de tudo pense e planeje bem.

Sempre quando for sair para mais um pedal certifique-se de levar seus documentos e informações médicas pessoais, sendo: tipo sanguíneo, alergias ou medicamentos de uso contínuo e etc.

Cautela com as Quedas:

  • Calçado Adequado – um calçado inadequado pode prejudicar seu desempenho e provocar quedas. Existem boas opções de tênis, além claro das sapatilhas. Evite usar chinelos.

 

  • Amorteça a Queda –  se a queda for inevitável, tente curvar o corpo em formato de bola e role no chão para amortecer o impacto. Na teoria é mais fácil, porque acontece tudo em questão de segundos e você precisa se preparar rápido antes de atingir o chão.

 

  • É Relevante uso de Luvas – por conta do nosso instinto, quando caímos da bike a primeira parte do corpo que toca o chão é a nossa mão, e o pior de tudo é que é a palma da mão que mais sofre. Aí você já consegue imaginar como é importante o uso de luvas.

 

  • Pedal em dia de Chuva – cuidado redobrado, pois os freios não são tão eficientes, as pistas ficam escorregadias, principalmente as faixas pintadas no asfalto. E claro existe menos visibilidade. Poças d´água podem esconder buracos, fique atento.

 

  • Descidas e Subidas –  o medo provoca contração muscular. Procure entrar na descida confiante e com o corpo relaxado. Evite mudanças de marcha antes de iniciar a subida. Não fique olhando para o final da subida, evite a ansiedade.
mtb descida
MTB Descida.
  • Frenagem – talvez esse seja o maior receio dos ciclistas, o de apertar o freio dianteiro e a bike capotar. Ele é responsável por parar a bike de forma rápida e eficiente. O freio traseiro é responsável por desacelerar e controlar sua velocidade. Portanto acione os manetes simultaneamente e de forma suave.

 

  • Pedal Solo – evite pedalar sozinho por estradas rurais, em caso de queda o socorro pode demorar a chegar e sabemos que os primeiros socorros prestados, em muitos casos, é o mais importante.

 

  • Dê um Tempo – percursos extensos, trilhas longas e travadas, cansaço extremo, corpo dolorido e sem fôlego? Dê uma pausa, o cansaço extremo há grandes chances de você perder a concentração e cair.

Dicas para Melhorar sua Performance..

Equilíbrio:

Quando subimos na bike o nosso corpo se conecta automaticamente em 3 pontos. O guidão, os pedais e o selim. Todos esses pontos são essenciais para manter o equilíbrio. No MTB, se você usa pedais de encaixe, eles também ajudarão no controle da bike.

Exercícios para aumentar seu equilíbrio. 

Tente pedalar o mais devagar que conseguir, em pé ou sentado, num raio de até 50M. Quanto mais devagar, melhor será seu equilíbrio. Tente não colocar seus pés no chão. Aos poucos coloque obstáculos no trajeto, pedras, troncos ou raízes.

Você pode colocar 2 pedras a uma determinada distância uma da outra e pratique desenhando um 8. Quanto mais perto uma pedra da outra, maior a dificuldade do exercício.

treinando equilíbrio
Treinando Equilíbrio

Quando for praticar os exercícios citados acima, não force, faça tudo dentro do seu limite, para sua segurança não tente algo muito arriscado. E o mais importante, veja se não tem algum objeto no chão que te machuque em caso de queda e não se esqueça das luvas e capacete.

Se o Tombo for Inevitável…

Se cair, primeiramente, mantenha a calma, chame o SAMU ou Bombeiro, avise familiares e não se mexa. Faça exames radiológicos para ver se não houve alguma fratura ou lesão relacionada ao impacto do seu tombo.

tombo inevitável
Tombo Inevitável

Acredite, treine, comece pelo mais simples e vá aos poucos procurando caminhos mais difíceis. Visualize bem o trajeto antes de se lançar em locais que você não conhece.

E não se esqueça, sempre que sair para pedalar sozinho, avise aos familiares onde vai, quanto tempo ficará fora, leve celular e documentos. Eu também faço oração antes de cada pedal.

Bom pedal e fique com Deus.

2 Comentários


    1. Verdade Sérgio, todo cuidado é pouco, ainda mais atualmente. Estamos junto, bom pedal, Deus te abençoe e te guarde em seus pedais. Abraço.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *