Mulher grávida pedalando, será que pode?

A gravidez é um presente de Deus para a mulher, que passa 9 meses planejando o momento em que seu filho(a) estará em seus braços.

São inúmeros os cuidados durante a gestação, porém isso não pode ser visto como sinônimo de sedentarismo como muita gente pensa. São meses de cuidados especiais, mas a mulher pode e deve praticar uma atividade física.

De acordo com o American College of Sports Medicine(ACSM), mulheres saudáveis devem praticar em média 30 minutos de atividade física diariamente. O exercício físico proporcionará a melhora no funcionamento dos pulmões e do coração.

Benefícios:

Maior controle do ganho de peso, menos inchaço, menos fadiga, diminui as dores e incômodos e também prepara a mãe para o parto e pós-parto.

Precaução:

Mulheres com gestação de dois ou mais bebês,  devem triplicar os cuidados. Com acompanhamento médico, sempre.

Mas pode pedalar??? 

O primeiro passo e o mais importante é a avaliação, liberação e o acompanhamento do médico da gestante. Se liberada a futura mãe e ciclista deve continuar pedalando, mas com moderação, sempre acompanhada e com algumas precauções.

mulher gravida na bike

Imagino que o principal medo da mulher de pedalar durante a gestação são os riscos de queda, por isso alguns cuidados devem ser redobrados. Em caso de queda o instinto da mulher será proteger a região do abdômen.

Algumas dicas:  Leia +  O que não fazer enquanto pedala…
  • Se você pedala clipada, o ideal é retirar a sapatilha e utilizar um pedal convencional;
  • Pedal em grupo, somente aqueles com ciclistas mais lentos, redobre atenção com a proximidade com outras bikes;
  • Diminua a média de velocidade e a km pedalada;
  • Evite trilhas e estradas esburacadas, dê preferência a trajetos mais tranquilos e por ciclovias;
  • Além dos já conhecidos equipamentos de segurança, utilize roupas confortáveis e que não prendam a circulação;
  • É preciso muito cuidado no momento de subir e/ou descer da bike;
  • Gestantes sentem mais fome, então é de extrema importância cuidar da alimentação, antes, durante e depois do pedal;
  • Se a hidratação já é importante durante as pedaladas, imagina pra uma ciclista que tem um bebê a caminho.
  • Treinos indoor também são válidos, rolo, mas para esses tipos de treino é preciso cuidar da temperatura do corpo e aumentar a hidratação, já que sem vento o corpo esquenta mais, o ideal é fazer intervalos.

As dicas do respectivo post são indicadas para mulheres que já pedalavam antes de iniciar a gestação. Se a mulher esta grávida e quer começar a pedalar, é melhor conversar com o médico e saber se a modalidade é indicada para ela no momento.

ciclista gravida mtb
Use sempre capacete.

Cada organismo reage de maneira diferente, existem casos em que a mulher não pode praticar atividade nenhuma e existem casos que chegam a completar provas de ciclismo com 3 meses e meio de gravidez, como é o caso da ciclista Blaine Bradley Limberg.

Acredito que não exista um limite saudável para a intensidade dos treinos, mas podemos aqui apelar para o “bom senso” e pensar na saúde da futura mãe e do bebê. Respeite seu limite e observe como seu corpo vai reagir, caso haja algum incômodo procure seu médico imediatamente.

Comente e compartilhe o post com sua amiga ciclista.

Bom pedal e fique com Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *