Posição do manete de freios. Para baixo ou reto?

Alguns ciclistas, principalmente os iniciantes, acham um pouco estranho, tanto do lado estético quanto do lado funcional ter os manetes de freio virados para baixo.

Mas existe um por quê de colocar o manete virado um pouco pra baixo? Sim existe. É porque o seu braço precisa estar alinhado com o seu pulso.

Dicas para ajuste de MTB

O manete reto ou para cima, por exemplo, faz com que você perca um pouco o apoio das mãos na manopla na hora de acionar os freios, tornando sua pedalada um risco. Sem contar que isso torna as trocas de marcha meio complicadas, tem que esticar muito o dedão para efetuar as trocas.

No câmbio dianteiro para trocar para a marcha mais pesada e no câmbio traseiro para trocar para a marcha mais leve. O gatilho da alavanca de câmbio fica distante, tornando o seu pedal totalmente desconfortável.

Manete na posição errada

Existe também o risco de que com o passar do tempo, usando os manetes da forma errada, esse movimento repetitivo pode lesionar o seu pulso e dar dores no antebraço.

Por isso não deixe que um detalhe de ajuste te afaste de algo tão sensacional e prazeroso que é pedalar.

Depois de ajustado, confira se está bem apertado  para evitar que o manete gire e se desloque, podendo ocasionar quedas.

Manete na posição correta.

Nas bikes que tive e tenho sempre uso as alavancas de câmbio também conhecidas como Rapid Fire ou Gatilho Rápido. Elas são mais precisas nas trocas e trazem mais segurança pra pedalar, já que todos os comandos de frenagem e troca de marcha estão mais ajustadas ergonomicamente.  As figuras abaixo mostram os modelos de Alavanca de Câmbio Rapid Fire.

 

Aqui nesse post tratamos da posição dos manetes de freio das bikes estilo MTB, se foi útil e te ajudou, curta, comente e compartilhe com seus amigos. Siga o Dicas nas redes socais.

Bom pedal e fiquem com Deus.

5 Comentários


  1. Boa noite maninho! Meus parabéns!! Que DEUS siga te abençoando e guiando, nesta nova empreitada! Sucesso!! (Josué 1:9)
    Abraços,
    Tatá

    Responder

Deixe uma resposta para Rodrigo Bonas Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *